Tendências que afetarão seu gerenciamento de dados em 2023

dat_c_01

A pandemia da Covid-19 acelerou a transição para o mundo digital, e mesmo com a retomada das atividades presenciais, muitas empresas estão optando por manter seus serviços de forma híbrida ou à distância.

Em 2023, os dados seguirão sendo a base dos negócios digitais e sua correta gestão e infraestrutura, com estratégias e planejamento bem definidos, serão essenciais para o sucesso.

A Denodo, líder em gerenciamento de dados, apresentou as 3 principais tendências que deverão ter maior impacto em dados e análises nesse ano.

Otimização do custo de infraestrutura

Apesar do uso da nuvem promover a redução de custos, os fortes investimentos em infraestrutura de dados e análise ainda são necessários. Para modernizar esses esforços, as empresas têm optado por estratégias de remoção e substituição, o que pode ser caro e levar à interrupções nos serviços de TI, de acordo com Danilo Diovanni, diretor de vendas da Denodo Brasil.

Adoção acelerada de Data Fabric e Data Mesh

Em 2022, vimos uma adoção acelerada de duas abordagens para implementar uma arquitetura de dados distribuídos: Data Fabric, que cria uma única camada de acesso aos dados, e Data Mesh, que tem equipes distribuídas com responsabilidade na gestão de dados, sustentando um modelo de arquitetura descentralizada.

“Ambos são essenciais para empresas que desejam gerenciar melhor seus dados. O fácil acesso às informações e a garantia de que sejam controlados com segurança são importantes para todos os setores da empresa, desde cientistas de dados até executivos”

IA torna-se essencial na tomada de decisões

Com o aumento do uso de IAs (inteligências artificiais) em todos os setores, as empresas terão que trabalhar em estruturas internas que promovam o uso ético dessa tecnologia. Ao mesmo tempo, será fundamental garantir transparência no algoritmo, não discriminação, responsabilidade e audibilidade. Assim, a inteligência artificial ética se tornará cada vez mais importante para as organizações de todos os setores

“Essas tendências mostram não apenas como os negócios digitais vão sobreviver, mas também como vão prosperar em 2023”, acredita Danilo Diovanni. Para ele, os últimos anos definitivamente ensinaram que os negócios digitais não são apenas alternativa quando o mundo não pode se encontrar pessoalmente, mas são uma realidade sem volta.

Mais Lidas:

Personalização Fibracem

Personalização Fibracem Entendemos a importância de oferecer soluções que atendam às necessidades específicas de cada cliente. Por isso, disponibilizamos uma ampla gama de serviços de

Leia mais »